segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Conte Comigo

"Cada um de nós deve agradar ao seu próximo para o bem dele, a fim de edificá-lo. Pois também Cristo não agradou a si próprio, mas, como está escrito: os insultos daqueles que te insultaram caíram sobre mim" 
Rm 15:2-3

   Neste versículo Paulo estava falando com a igreja de Roma sobre a importância de não apenas aceitar aqueles que não era Judeus, os chamados Gentios, mas também de amá-los e serví-los para que fossem alcançados e edificados.

   O que impressiona, não penas nestes versículos mas em toda a vida de Paulo é ver um homem que outrora fora um perseguidor e assassino, sendo agora um exemplo de amor e altruísmo, a ponto de dizer em sua carta a igreja de Corinto que mesmo sendo livre, preferia ser como escravo de todos para conquistá-los a Jesus (1 Co 9:19).

   Creio que em um mundo tão egoísta como o que vivemos nos dias de hoje, ter uma atitude como a de Paulo faz toda a diferença para que o mundo veja Jesus através de nós. Precisamos desejar e praticar esse amor sacrificial, capaz de fazer nossa preocupação com o próximo andar acima da nossa própria vontade.

   Lendo estes versículos, sinto que Deus tem nos desafiado a abrir mão de nós mesmos, a viver as lutas uns dos outros, dando nossa vida e trabalho a serviço do Amor. Como diz aquela canção do Clamor pelas Nações:

   "Se Ele deu seu coração, por que eu não posso dar o meu? Se Ele deu a sua vida, por que eu não daria a minha?"

   Pense, reflita e faça a diferença na vida de alguém hoje. Ligue para um parente, amigo, ou mesmo um desconhecido que você sabe que precisa de algo e diga: "Conte comigo".

   Sirva sem pedir nada em troca e ore, para que esse amor alcance o mundo em nome de Jesus!

   Deus abençoe!

terça-feira, 6 de maio de 2014

O Propósito Continua o Mesmo

"Responde-me, ó Senhor, responde-me, para que este povo saiba que tu, ó Senhor, és Deus, e que fazes o coração deles voltar para ti" 1Rs 18:37

   Este versículo é parte de uma passagem muito conhecida na bíblia e que particularmente gosto muito, porque sempre admirei a vida do profeta Elias e sua ousadia na obediência a Deus.
   Ele desafiou 450 profetas de Baal, chegou a zombar deles, porque tinha total confiança no Senhor.
   Realmente muitos sinais poderosos o acompanhavam. Entretanto, o que me chama atenção na oração de Elias, especificamente no trecho descrito nesse versículo é a revelação do verdadeiro motivo de todos os sinais que seguiam a Elias e daquele sinal que estava pra acontecer ( Deus mandou fogo do céu e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, o chão e até mesmo a aguá da valeta feita por Elias 1Rs 18:38).
  Em nossa caminhada somos tentados a viver em busca de bençãos, sinais, maravilhas ou moveres, simplesmente para contemplação ou até mesmo para benefício próprio, mas esquecemos que TUDO que Deus faz tem um propósito: "Fazer com que todos o reconheçam como Deus e assim voltem seu coração para o Pai, alcançando a salvação".
  Elias não queria mostrar o quanto ele era usado, o tamanho da intimidade que ele possuía com Deus ou ganhar notoriedade diante do povo, ele fez tudo aquilo porque queria restaurar a aliança de Israel com Deus.
   Se você prosperar, é para compartilhar com o próximo. Se você for curado, é para ministrar cura aos outros. Se você for abençoado, é para que todos vejam a fidelidade de Deus através da sua vida e os sinais são para que vejam que Ele pode fazer sempre infinitamente mais do que pedimos ou pensamos.
   Quer as benção de Deus? Quer enxergar maravilhas e milagres poderosos acontecendo em sua vida e através dela? Então entenda que nossa missão aqui e sermos agentes da reconciliação e comece a cumprir hoje mesmo o seu chamado.

   Deus abençoe!